EFC Engenheiros Financeiros & Consultores

As vertiginosas subidas e quedas de Eike Batista.

By | 0 comments

Os jornais da semana iniciada em 23 de Janeiro de 2017 trazem em letras garrafais na primeira página a prisão decretada desse criativo empresário, Eike Fuhrken Batista da Silva, um brasileiro que tem também cidadania alemã e hoje é procurado pela Interpol para ser preso e extraditado para o Brasil. Ele, de um dos sete homens mais ricos do mundo segundo (segundo a revista FORBES de 2013) a ameaçado de ser encarcerado como preso comum por não ter curso superior!

A história desse aventureiro, que levantou fortunas nas bolsas de valores em cima de projetos fantasiosos, tentou seguir a brilhante carreira de seu pai,  Eliezer Batista da Silva, ex-presidente da Companhia Vale do Rio Doce  e ex-ministro de Minas e Energia. E para isso, foi buscara apoio de Lula, Dilma, do BNDES, da Bovespa e do ex-governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, com o qual está sendo acusado de desvios de milhões de dólares colocados no exterior.

Eike criou um grupo de empresas que batizou com a letra “X”: MMX, mineração; MPX, energia solar; OGX, petróleo. LLX, logística; OSX indústria naval. CCX, mineração de carvão. Várias deles foram para recuperação judicial, ou vendidas, com seus novos donos eliminando a letra X..

Muito amigo de Lula, o pessoal do PT está com medo dele ser preso e acabar fazendo uma bela delação premiada, com reflexos diretos no ex-presidente, já todo complicado na Lava Jato. O atual pedido de prisão é desdobramento da operação “Eficiência” .

Segundo o site da EBC, A Polícia Federal (PF) e o Ministério Público Federal deflagraram hoje (26) a Operação Eficiência, que cumpre nove mandados de prisão preventiva, quatro de condução coercitiva e 22 buscas e apreensão no Rio de Janeiro. O empresário Eike Batista, dono do grupo EBX, é um dos alvos do mandado de prisão, mas ainda não foi localizado.

A Operação Eficiência é um desdobramento da Operação Calicute, desenvolvida no fim de 2016. A Polícia Federal informou que ainda não pode dar detalhes porque os mandados estão sendo cumpridos neste momento.

As pessoas que são alvo de condução coercitiva serão levadas para a Polícia Federal no Rio de Janeiro. Esta é a primeira fase da Lava Jato este ano.

Digo eu: mais um episódio que envergonha o Brasil e revela o que uma propaganda populista pode fazer com mentiras e enganação ao povo, roubando o dinheiro de milhões de brasileiros desempregados e desiludidos com esses escândalos.

Carlos Daniel Coradi

EFC – Engenheiros Financeiros & Consultores

Diretor Presidente

 

468 ad