EFC Engenheiros Financeiros & Consultores

Política

JANOT QUERIA DERRUBAR TEMER E IMPEDIR QUE RAQUEL DODGE TOMASSE POSSE, A QUEM CHAMOU DE “BRUXA”

By on set 19, 2017 in Brasil, Política | 0 comments

Hoje, 18 de setembro   de 2017, a Folha de São Paulo publica uma entrevista com o procurador da República Ângelo Goulart Villela com o título “Janot tinha pressa para tirar Temer e barrar Dodge”. Diz a Folha de São Paulo textualmente[1]: “Ele contou que presenciou uma conversa em que Janot (a quem chama pelo primeiro nome, Rodrigo) afirmou: “A minha caneta pode não fazer meu sucessor, mas ainda tem tinta suficiente para que eu consiga vetar um nome”. “Ele tinha pressa e precisava derrubar o presidente”, diz. “O Rodrigo tinha certeza que derrubaria”, afirma. ” Na entrevista, o procurador revela sua tristeza por ter permanecido 76 dias preso, em virtude da “Operação Patmos”, acusado de recebido “ajuda de custo” de Joesley Batista para vazar informações sobre detalhes da Procuradoria Geral da República, conduzida pelo então ex-procurador geral Rodrigo Janot que negociava delação premiada com o dono da JBS, o gigante do mundial de proteínas animais. Alega Villela que Janot queria atingir Temer e Raquel com uma única “flechada”: derrubando Temer com suas   denúncias, impediria que ele escolhesse e empossasse Raquel, que encarava como sua inimiga. Villela foi preso a pedido de Janot através de uma “operação controlada”, autorizada pelo Ministro do STF Edson Fachin, na qual ele foi filmado com o advogado Willer Tomaz, “vazando informações” para o Grupo JBS. Villela diz que se aproximou da JBS para obter informações sobre uma possível delação premiada. Pesquisando esse tema, achei a notícia do Correio Braziliense[2]  postado em 21/05/2017, dos repórteres   Ana Maria Campos e Ana Viriato:  As investigações sobre a Operação Patmos que envolvem a suposta corrupção do procurador da República Ângelo Goulart Villella e do advogado Willer Tomaz, com vazamentos de informações para o grupo JBS, ainda têm muitos elementos a serem analisados e podem envolver outros personagens.  A pedido do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, o ministro Edson Fachin, relator da Operação Lava-Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), autorizou uma ação controlada que registrou um jantar na mansão onde funciona o escritório de Willer, ocorrido em 3 de maio, e ainda a quebra de sigilo telefônico e telemático de Willer e do procurador.  Eles estão presos preventivamente desde a última quinta-feira no presídio militar do Complexo Penitenciário da Papuda, sob...

Read More

73% dos congressistas sequer olham suas caixas postais

By on mar 13, 2017 in Brasil, Política | 0 comments

Fiz um teste em um tema importante que denominei “A recuperação econômica do Brasil chegou! ”; mandei e-mails para 58 senadores e para 512 deputados federais, total de e-mails enviados com esse título, 670. Deste total, apenas 11 senadores e 79 deputados leram, mas nenhum comentou o texto. Dos 670 enviados, 414 sequer olharam a caixa postal. O tema era importante para o Brasil e evidentemente para os congressistas. O texto era baseado em um trabalho de pesquisa de sete indicadores, sendo que todos apontavam recuperação da economia. Além de examinar os dados recém-publicados pelo Banco Central do Brasil, me lembrei de meu professor de economia da Escola Politécnica, Prof. Ruy Leme, que dizia: “Para olhar se o país cresça, procure indicadores indiretos, tais como o consumo de energia elétrica, o consumo de papelão ondulado, de combustíveis, etc.” Foi o que eu fiz. Fiquei triste com o baixo interesse dos Srs. Congressistas, e até pensei em parar de escrever para eles. Mas aí, como mandei o mesmo e-mail para outras pessoas, recebi um elogio de um importante brigadeiro de nossas forças armadas, que sem dar seu nome, reproduzo abaixo:  Assunto: Re: A recuperação econômica do Brasil chegou!  Excelente Coradi. Muito grato. Brig. X Montei uma tabela no Excel que me permite classificar os e-mails por partido político. E surpreendentemente, partidos da chamada “oposição” tiveram índice de leitura maior do que os da situação. Vamos medir novamente a % de leitura desse novo e-mail. Vou falar com meus advogados se posso publicar a lista completa dos nomes, dos que leram, dos que deletaram sem abrir e dos congressistas que sequer olharam a caixa...

Read More

Juiz Robart bloqueia ordem de Trump

By on fev 6, 2017 in Mundo, Política, USA | 0 comments

As ameaças de Trump de não permitir entrada nos Estados Unidos de muçulmanos de vários países foi na sexta feira passada bloqueada pelo Juiz James Robart, “United States Federal Judge” através da ordem Robart-Order – 20170203.pdf. Essa ordem está disponível na internet, tem 7 páginas e é muito clara. A presidência dos Estados Unidos vai recorrer, mas graças ao Juiz Robart, centenas de estrangeiros dos países “bloqueados” que já estavam com seus vistos para entrarem nos Estados Unidos correram para as linhas aéreas e conseguiram entrar nos Estados Unidos neste fim de semana.  O agressivo novo presidente dos Estados Unidos, Donald John Trump, está fazendo ameaças gerais: ao México, aos países da Europa, Alemanha incluída, aos países da Ásia e agora ao Irã. Onde isso vai parar? Vejam apenas três das encrencas que ele está arrumando, em menos de 20 dias de presidência do país mais poderoso do mundo: Com o México¹, ele rotulou os imigrantes mexicanos de estupradores e criminosos. Disse ele textualmente: “Quando o México envia pessoas, eles não estão enviando o melhor, eles não estão enviando você, eles estão enviando pessoas que têm muitos problemas, e eles estão trazendo esses problemas conosco. Eles estão trazendo drogas. Estão trazendo crime, são estupradores e alguns, suponho, são pessoas boas “; Trump quer fazer o México pagar o famoso muro e para isso diz que vai cobrar 20% adicionais de impostos das importações americanas; o presidente mexicano Enrique Peña Nieto condenou a ordem do presidente Trump de construir um muro ao longo da fronteira EUA-México reiterando que o México “não pagará por nenhum muro”, apesar da afirmação de Trump de que seu país o faria. ·        Com a Alemanha², Trump faz acusações de que o Euro está subvalorizado para garantir as exportações alemãs para os Estados Unidos, tais como as Mercedes Benz e BMW: diz Peter Navarro, chefe do novo Conselho Nacional de Comércio do presidente norte-americano, ao Financial Times “o euro é como um “marco implícito do  marco alemão”; a Alemanha “continua a explorar outros países da União Europeia, bem como os Estados Unidos com um” implícito marco alemão “que é grosseiramente subvalorizado”, disse ele. O que foi negado pela chanceler Ângela Merkel. ·        Com o Irã, Trump acaba de dizer que “todas...

Read More

As ameaças de Trump

By on fev 3, 2017 in Economia, Política | 0 comments

O agressivo novo presidente dos Estados Unidos, Donald John Trump, está fazendo ameaças gerais: ao México, aos países da Europa, Alemanha incluída, aos países da Ásia e agora ao Irã. Onde isso vai parar? Vejam apenas três das encrencas que ele está arrumando, em menos de 20 dias de presidência do país mais poderoso do mundo: Com o México¹, ele rotulou os imigrantes mexicanos de estupradores e criminosos. Disse ele textualmente: “Quando o México envia pessoas, eles não estão enviando o melhor, eles não estão enviando você, eles estão enviando pessoas que têm muitos problemas, e eles estão trazendo esses problemas conosco. Eles estão trazendo drogas. Estão trazendo crime, são estupradores e alguns, suponho, são pessoas boas “; Trump quer fazer o México pagar o famoso muro e para isso diz que vai cobrar 20% adicionais de impostos das importações americanas; o presidente mexicano Enrique Peña Nieto condenou a ordem do presidente Trump de construir um muro ao longo da fronteira EUA-México reiterando que o México “não pagará por nenhum muro”, apesar da afirmação de Trump de que seu país o faria.   Com a Alemanha², Trump faz acusações de que o Euro está subvalorizado para garantir as exportações alemãs para os Estados Unidos, tais como as Mercedes Benz e BMW: diz Peter Navarro, chefe do novo Conselho Nacional de Comércio do presidente norte-americano, ao Financial Times “o euro é como um “marco implícito do  marco alemão”; a Alemanha “continua a explorar outros países da União Europeia, bem como os Estados Unidos com um” implícito marco alemão “que é grosseiramente subvalorizado”, disse ele. O que foi negado pela chanceler Ângela Merkel. Com o Irã, Trump acaba de dizer que “todas opções estão sobre a mesa”³, se referindo ao lançamento do Irã de um míssil balístico: O governo Trump está considerando uma série de opções para combater a atividade agressiva do Irã no Oriente Médio, disse um alto funcionário, que não descarta a ação militar. O funcionário disse que todas as opções estão sendo consideradas, inclusive as financeiras e econômicas. “O Irã está plenamente consciente do que está fazendo”, disse o funcionário.  Mais cedo, o conselheiro de Segurança Nacional Michael Flynn disse que a Casa Branca estava “oficialmente notificando o Irã”....

Read More

As vertiginosas subidas e quedas de Eike Batista.

By on jan 28, 2017 in Brasil, Economia, Política | 0 comments

Os jornais da semana iniciada em 23 de Janeiro de 2017 trazem em letras garrafais na primeira página a prisão decretada desse criativo empresário, Eike Fuhrken Batista da Silva, um brasileiro que tem também cidadania alemã e hoje é procurado pela Interpol para ser preso e extraditado para o Brasil. Ele, de um dos sete homens mais ricos do mundo segundo (segundo a revista FORBES de 2013) a ameaçado de ser encarcerado como preso comum por não ter curso superior! A história desse aventureiro, que levantou fortunas nas bolsas de valores em cima de projetos fantasiosos, tentou seguir a brilhante carreira de seu pai,  Eliezer Batista da Silva, ex-presidente da Companhia Vale do Rio Doce  e ex-ministro de Minas e Energia. E para isso, foi buscara apoio de Lula, Dilma, do BNDES, da Bovespa e do ex-governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, com o qual está sendo acusado de desvios de milhões de dólares colocados no exterior. Eike criou um grupo de empresas que batizou com a letra “X”: MMX, mineração; MPX, energia solar; OGX, petróleo. LLX, logística; OSX indústria naval. CCX, mineração de carvão. Várias deles foram para recuperação judicial, ou vendidas, com seus novos donos eliminando a letra X.. Muito amigo de Lula, o pessoal do PT está com medo dele ser preso e acabar fazendo uma bela delação premiada, com reflexos diretos no ex-presidente, já todo complicado na Lava Jato. O atual pedido de prisão é desdobramento da operação “Eficiência” . Segundo o site da EBC, A Polícia Federal (PF) e o Ministério Público Federal deflagraram hoje (26) a Operação Eficiência, que cumpre nove mandados de prisão preventiva, quatro de condução coercitiva e 22 buscas e apreensão no Rio de Janeiro. O empresário Eike Batista, dono do grupo EBX, é um dos alvos do mandado de prisão, mas ainda não foi localizado. A Operação Eficiência é um desdobramento da Operação Calicute, desenvolvida no fim de 2016. A Polícia Federal informou que ainda não pode dar detalhes porque os mandados estão sendo cumpridos neste momento. As pessoas que são alvo de condução coercitiva serão levadas para a Polícia Federal no Rio de Janeiro. Esta é a primeira fase da Lava Jato este ano. Digo eu: mais um episódio...

Read More

A terrível situação prisional do Brasil

By on jan 6, 2017 in Brasil, Política | 0 comments

O triste episódio das prisões do Amazonas, com dezenas de mortos trucidados por quadrilhas alimentadas à cocaína teve repercussão mundial, que sensibilizou inclusive o Papa Francisco. Há exatamente um ano atrás, a Justiça brasileira publicou um informativo bastante completo na análise da questão carcerária do Brasil1. Eu imprimi as 16 páginas desse relatório e li inteirinho. Copio os trechos mais importantes: * 607.731 pessoas presas (junho de 2015; em uma década, dobrou, atingindo o quarto lugar no vergonhoso ranking dos países com os maiores contingentes de pessoas privadas de liberdade, atrás dos Estados Unidos, China e Rússia. * Desse total de encarcerados, 41% (ou seja, 249 mil) sequer foram condenados pelo sistema de justiça brasileiro. * Apenas 37% das unidades prisionais foram capazes de enviar essa informação, pois 63% delas não tem controle sobre o tempo de privação desses presos, especialmente devido ao uso abusivo da prisão provisória. Ou seja, devem existir mais de 300 mil presos sem conhecer seus tempos corretos de prisão. Que vergonha! * Temos quase 2 presos por vaga, apesar da informação de que entre os anos de 2000 e 2014 o número de vagas triplicou, mas o déficit do mesmo período mais do que dobrou. * Nossas prisões possuem apenas 449 clínicos gerais para mais de 600 mil pessoas presas, ou seja, cada médico precisa atender mais de 1.300 pessoas espalhadas pelo Brasil. * Nas estatísticas apresentadas nesses trabalhos, os dados curiosamente não incluem informações dos maiores estados populacionais, São Paulo e Rio de Janeiro. Mesmo sem essas informações, no primeiro semestre de 2014 foram registradas 565 mortes violentas e intencionais. * As taxas de mortalidade intencional são altíssimas, especialmente no norte e nordeste: a maior é a do Maranhão, com 75,1 mortes para cada 10 mil pessoas presas; seguem-se Piauí (27,9), Alagoas (24,0) e Amazonas (17,6). Esse quadro vergonhoso está perfeitamente diagnosticado nesse relatório do próprio governo. Agora, pergunto, de quem é a culpa, se não das próprias autoridades, incluindo ai o Governador do Amazonas, que tentou se eximir de suas responsabilidades? Certamente ele nunca viu ou leu ou estudou esse relatório, que levei um minuto para achar e imprimir a partir da internet. Certamente o desemprego e o tráfico de drogas têm...

Read More