EFC Engenheiros Financeiros & Consultores

Reestruturação

DINHEIRO PARA MÉDIAS E GRANDES EMPRESAS VIA SECURITIZAÇÃO

By on mar 2, 2017 in Bancos, Brasil, Reestruturação | 0 comments

Há muitos anos a minha consultoria, a EFC Engenheiros Financeiros & Consultores estuda a obtenção de recursos financeiros através da securitização de recebíveis.  Estuda e obtém! Vou didaticamente explicar do que se trata: 50 anos atrás, americanos que acumulavam hipotecas em suas mãos, notaram que esses títulos em verdade eram um ativo precioso que estava parado, sem uso. E então, um deles, mais ligado ao mercado financeiro, percebeu que o pacote desses ativos poderia funcionar como uma garantia para títulos que então seriam vendidos ao mercado. Nasceu aí a securitização de recebíveis. “Security” em inglês significa título, ou de renda fixa ou de ações. No Brasil, a securitização de recebíveis (ou seja, o lançamento de títulos lastreados em ativos) é regulamentada pela CVM. Os ativos podem ser direitos de contratos (por exemplo de uma grande transportadora), recebíveis de uma escola ou faculdade, recebíveis de cartões de crédito, recebíveis de um consórcio de bens (carros, motos, casas, dinheiro), etc. No caso de consórcios, as cotas já recebidas devem pagar taxas mensais às Administradoras, e essas taxas e suas coletâneas ficam paradas nas mão dos “donos” dos consórcios. A EFC Engenheiros Financeiros & Consultores tem grande experiência na obtenção de recursos oriundos de securitização de recebíveis. Consultas pelo e-mail c.coradi@efc.com.br ou pelo telefone 11 98612 1264. Vejam nossos videos mais procurados: 1) Controles internos  https://www.youtube.com/watch?v=8T6nGFf4d4Y   2) Reorganização de Empresas à distância  https://www.youtube.com/watch?v=j-NgNoV-xDc  3) Recuperação Judicial – Aula Ao Vivo https://www.youtube.com/watch?v=NDlevvABrcE 4) Relatório Focus | Boletim Focus https://www.youtube.com/watch?v=8DbZ-cXjoLg 5) Governança Corporativa – Aula 1 https://www.youtube.com/watch?v=7EoeiUVfs9o...

Read More

Os principais vídeos empresariais de Carlos Coradi

By on fev 10, 2017 in Avaliação de Empresas, Reestruturação | 0 comments

Aos amigos, clientes e meus leitores do meu site, do  facebook,   LinkedIn, google e twitter: Depois de muitos anos de vivência profissional, resolvi publicar uma série de vídeos para apresentar as principais áreas nas quais podemos atuar e de fato atuamos como consultores de empresas. Em 2017 a EFC Engenheiros Financeiros & Consultores, uma empresa brasileira de consultoria fundada em 1991, contando com uma equipe de advogados, economistas, engenheiros   e contadores, está disponibilizando os seguintes serviços, que podem ser vistos em detalhe nos links abaixo seguintes: Vídeos mais importantes e visitados: (clique nos links com Ctrl para abertura) Governança Corporativa – Aula 1 1194 visitas https://www.youtube.com/watch?v=7EoeiUVfs9o Relatório Focus – Boletim Focus 1163 visitas    https://www.youtube.com/watch?v=8DbZ-cXjoLg Reorganização de Empresas à distância 556 visitas   https://www.youtube.com/watch?v=j-NgNoV-xDc  Recuperação Judicial – Aula ao Vivo 440 visitas   https://www.youtube.com/watch?v=NDlevvABrcE Reorganização de Empresas – 4 Etapas 366 visitas   https://www.youtube.com/watch?v=uaI5FBT9njE Family Office – Escritórios de Família 82 visitas    https://www.youtube.com/watch?v=iun2nAxs64E Avaliação de Empresas 302 visitas https://www.youtube.com/watch?v=lzgWJcYgH4k&t=6s   Demais vídeos: carlos coradi youtube     https://www.youtube.com/channel/UC-uN3wmqUyvNfSqZ4NY0fkg (30 vídeos de Carlos Coradi e colaboradores) Em todas essas seis áreas, acumulamos experiências concretas no Brasil e no exterior, podendo atuar inclusive à distância, como já fizemos para atender clientes de fora do Brasil usando o skype. Caso tenham necessidade de consultores experientes, liguem para Carlos Coradi pelo telefone 11 9 8612 1264 ou mandem um e-mail para...

Read More
Reorganização de Empresas

Reorganização de Empresas

By on mar 2, 2015 in Reestruturação | 0 comments

Por que fazer reorganização de empresas ? Em minha longa experiência sobre Reestruturação Empresarial, tenho sido procurado por várias razões, que respondem a pergunta “porque fazer uma Reestruturação Empresarial”. A maneira mais simples é contar para o leitor os casos que precisei atender e que ilustram as respostas à essa questão. Farei isso através de 4 situações reais. Caso 1: uma grande empresa brasileira do ramo metal-mecânico procurou a EFC com um pedido de reestruturação empresarial em virtude de existir uma empresa estrangeira desejada em adquirir a totalidade das ações, pois a empresa é uma sociedade anônima. A reestruturação empresarial foi desenhada com o auxílio de uma profissional de pesquisa mercadológica, que tem como especialização (e com nossa ajuda), pesquisar os concorrentes, estudar as demandas dos clientes, e finalmente desenvolver através de uma análise do tipo SWOT as definições para uma nova estratégia voltada para o crescimento sustentável. Caso 2: Uma empresa de porte médio, pertencente a três irmãos, contratou a consultoria para um projeto de reestruturação empresarial, que envolvia melhorar o sistema de controles e sugerir aos sócios métodos de direção que resultassem em maiores lucros e maior rentabilidade. De fato, a empresa não possuía registros contábeis confiáveis, o que obrigou a consultoria a fazer suas análises a partir de planilhas internas, que foram gradativamente sendo aperfeiçoadas. A consultoria também sugeriu uma mudança societária, pois os três sócios não viviam em harmonia. Ao final, um deles comprou a parte dos demais e a empresa voltou a prosperar. Caso 3: Uma empresa multinacional europeia fabricante de produtos siderúrgicos se interessou por comprar uma empresa brasileira que adquiria as barras de aço da fábrica europeia para fabricar peças especiais exportadas para diversos países; a multinacional visava, ao pretender adquirir a brasileira agregar mais valor à sua matéria prima. A EFC foi contratada e fez a reestruturação empresarial, com o objetivo de torna-la mais atraente para o negócio de venda. Caso 4: Uma empresa de montagens industriais crescia a taxas altas, ano após ano. Mas não tinha sistemas de controles de caixa, de contas a receber e de contas a pagar feito em planilhas Excel por diferentes pessoas, o que obrigava o sócio encarregado da parte financeira e de vendas a se desdobrar, tentando coordenar as informações...

Read More