EFC Engenheiros Financeiros & Consultores

LULA CONDENADO POR MORO FAZ A BOVESPA SUBIR NA HORA

By | 0 comments

Hoje, 12 de julho de 2017, os jornais eletrônicos acabam de enviar a informação de que o Juiz Sérgio Moro condenou o ex-presidente Lula a     conforme diz a edição “On line” do Correio Brasiliense:

O ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva foi condenado, nesta quarta-feira (12/7), pelo juiz Sérgio Moro, da 13ª Vara Federal de Curitiba, a nove anos e meio de prisão no processo que investiga o caso do tríplex no Guarujá (SP). Lula, no entanto, não deve começar a cumprir a prisão imediatamente, podendo recorrer em liberdade.

 Na sentença, Moro rebate as acusações da defesa de que foi um juiz imparcial e apresenta um resumo do processo e suas justificativas para a condenação em 238 páginas. No fim da sentença, Moro afirma que, devido às tentativas de Lula e de sua defesa de desqualificá-lo, até poderia “cogitar a decretação da prisão preventiva do ex-presidente”. 

 O efeito na Bolsa de Valores de São Paulo foi imediato, conforme o gráfico do site   mostrado abaixo: das 14:00 horas, quando o índice estava em 63.900 pontos, para às 15:10 horas, o índice pulou para 64.721 pontos, ou seja, subiu 821 pontos quase instantaneamente.

Porque? O mercado financeiro avaliou que, Lula condenado, perde a chance de se eleger presidente, impedindo assim o partido dos trabalhadores de voltar ao poder.

 

Fonte do gráfico: http://br.advfn.com/bolsa-de-valores/bovespa/ibovespa-IBOV/grafico/tempo-real

Os efeitos dessa condenação na política brasileira serão grandes, pois afasta o partido que dominou nossa política por mais de uma década, sendo o grande responsável por lotar os cargos públicos de agentes corruptos, que roubaram bilhões da população brasileira. Só não vê quem é cego, como as três senadoras que sentaram nas cadeiras da presidência do Senado federal no dia de ontem achando que “na marra” poderiam impedir o avanço das mudanças nas leis trabalhistas. Não conseguiram e agora vão enfrentar uma acusação de falta de decoro parlamentar.  Conforme disse o presidente do Senado Federal, Eunício Oliveira, os militares na revolução fecharam o Congresso Nacional, mas nenhum general sentou na cadeira do presidente do senado, o que a senadora Fátima Bezerra, do PT do Rio Grande do Norte, não só ocupou essa cadeira, como com as demais senadoras da oposição, pediram marmitex e almoçaram na mesa da presidência. Deveriam ser expulsas do Senado Federal.

468 ad