EFC Engenheiros Financeiros & Consultores

“A COTAÇÃO DO DOLAR EXPLODE… “

OPINIÃO

Semana Finda em 13_02_2015                  

Editorial: “A COTAÇÃO DO DOLAR EXPLODE…

Por Carlos Daniel Coradi

A cotação do dolar bateu o teto nesta semana, chegou na quarta feira, 11 de fevereiro à R$ 2,8075, mas se o leitor for à uma casa de cambio, vai ter que pagar algo como R$ 3,20! As notícias dos jornais e os comentários dos economistas entrevistados nesses dias acusam preocupações ligadas aos efeitos sobre a inflação. Mas meu ponto de vista é completamente contrário: se a cotação do dolar não subir a ponto de refazer a capacidade do Brasil exportar, e especialmente produtos manufaturados, a situação do país não se resolverá e em pouco tempo consumiremos as reservas estratégicas que acumulamos.

Peço ao leitor do “Opinião” observar o gráfico abaixo com detalhes e examinar os três erros cometidos com as cotações do dolar :

Erro 1: FHC deixou a cotação para trás entre julho de 1994 e início de 1999 fazendo o Brasil acumular um déficit comercial de US$ 27 bilhões; com Armínio Fraga e a introdução do câmbio flutuante, esse erro foi corrigido;

Erro 2: Os governos Lula I e Lula II deixaram a cotação do dolar cair à R$ 1,55, “esculhambando” todo o esforço de exportação conseguido enquanto a cotação estava alta (chegou à R$ 3,92, no início da primeira gestão de Lula;

Erro 3: O governo Dilma passa a “segurar” a cotação do dólar em valores muito baixos, para “ajudar” a conter a inflação; ai, de fato, as exportações foram para “o vinagre” e os saldos comerciais viraram negativos. Vergonha!

Grafico_PO_13_02_15

Agora, com o novo Ministro da Fazenda , Joaquim Levy, que entendeu a importância de colocar a cotação do dólar no lugar certo, ele supera os R$ 2,80.  Vejam o relatório FOCUS pelo link e entendam o cenário muito ruim para 2015 [2]. Efeito retardado da primeira gestão de Dilma. Se deixarem o trio  “Levy-Barbosa-Tombini trabalhar, teremos um 2016 bem melhor. Ou seja, vamos tomar o “purgante” em 2015 para estar bem nos próximos anos.

 Estudo feito pela EFC Engenheiros Financeiros & Consultores, com 5180 pontos mensais, obtidos no site do Banco Central do Brasil

[2] Link para o Banco Central do Brasil

cotação do dolar

Gostou deste conteúdo? Ficou com alguma dúvida? Acesse nossa página de serviços e conheça as soluções da EFC para a sua empresa.