EFC Engenheiros Financeiros & Consultores

É gollll! Marin preso, vamos moralizar tudo?

OPINIÃO

Semana finda em 29_05_2015

 

Que há corrupção no futebol inclusive e especialmente no Brasil tudo mundo já percebia e sentia o cheiro da podridão… mas precisava o FBI dar uma ordem internacional de prisão para Marin e mais seis dirigentes da FIFA para serem presos quando reunidos na Suíça!

O FBI  foi acionado pela Justiça americana e prendeu todos em Zurique, pois lá é a sede da FIFA. Diz o jornal americano ‘The New York Times[1], reproduzindo o nome dos  acusados: “A look at the 14 people, including FIFA officials, who face racketeering, conspiracy and corruption charges in the United States.” Traduzindo, “(Dêem) uma olhada sobre as 14 pessoas, incluindo funcionários da FIFA, que enfrentam acusações de extorsão, conspiração e corrupção nos Estados Unidos.”

A investigação detalha trechos (já traduzidos) que explicam como se dava a corrupção há anos, com o pronunciamento da procuradora geral dos Estados Unidos, Loretta Lynch, que por ironia é negra (e competente!):

“”Estes indivíduos e organizações envolvidos em suborno decidiam quem iria transmitir jogos, onde teriam lugar os jogos, e quem iria dirigir a organização, supervisionando futebol e organizado a nível mundial”, disse a procuradora-geral Loretta E. Lynch, que supervisionou a investigação desde seus estágios iniciais, quando ela era uma Juiza federal americana no Distrito Leste de Nova York. “Eles fizeram isso mais e mais, ano após ano, torneio após torneio.”[2]

As repercussões no Brasil foram enormes, pois José Maria Marin foi presidente da CBF, a Confederação Brasileira de Futebol e ex vice governador de São Paulo. O jornal “O Estado de São Paulo” destaca na capa: “Marin e mais seis dirigentes da FIFA são presos na Suiça”[3]; “a cultura de corrupção envolve a entidade há 24 anos e movimentou US$ 150 milhões. Autoridades americanas vão pedir a extradição de Marin e dos outros presos”.

Coitados dos empresários brasileiros, sofrendo cada vez mais, muitos procurando se reorganizar, se reestruturar e até pensando em pedir recuperação judicial para salvar seus negócios. O ano de 2015 estará marcado para sempre como muito difícil para os brasileiros e se precisarmos apontar um culpado, digo que ele tem barbas (brancas) de molho.

[1] O New York Times é dos jornais mais importantes dos Estados Unidos e do mundo, com repercussão global: veja o link na nota 2 abaixo.

[2] Vide a publicação do jornal em http://www.nytimes.com/interactive/2015/05/27/sports/soccer/fifa-indictments.html

[3] Vide  o jornal “O Estado de São Paulo” edição de 28 de maio de 2015, na capa.

Gostou deste conteúdo sobre o marketing moderno? Comente e Compartilhe. Ficou com alguma dúvida? Acesse nossa página de serviços e conheça as soluções da EFC para a sua empresa.