EFC Engenheiros Financeiros & Consultores

Mensalão, Petrolão, Fazendão e agora FIFÃO!

OPINIÃO

Semana finda em 12_06_2015

A sequência de roubos aos brasileiros já tem quatro apelidos, que parecem gozação, mas que em verdade externam o drama que esses anos dominados pelo PT e seus aliados tem marcado o sofrimento do povo brasileiro, ladeado pela crescente inflação, o aumento do desemprego, a cautela cada vez maior dos empresários em investir, a insegurança das ruas. Enfim, um cenário cinza e triste para todos nós, inclusive para aquelas classes que vinham crescendo em seu status, a saber as classes “C” e “D”.

No Mensalão, após anos do julgamento no Supremo Tribunal Federal, entraram 37 pessoas, das quais 12 foram absolvidos e 25 condenados; deste grupo de condenados,7 o foram em regime fechado e 18 em semiabertos. A pena mais grave foi a de Marcos Valério, “operador do mensalão e condenado à 37 anos e multa de R$ 4,4 milhões. A banqueira Katia Rabello pegou 14 anos e cinco meses de prisão em regime fechado. O pessoal do PT já está em casa, em regime semi aberto:José Dirceu, 7 anos e 11 meses de prisão; José Genuino, 4 anos e 8 meses; João Paulo Cunha, 6 anos e 4 meses. Henrique Pizzolato, condenado a 12 anos e 7 meses em regime fechado fugiu para a Itália com passaporte falso de seu irmão falecido mas voltará em breve para o Brasil.

No Petrolão, outra vergonha nacional, com bilhões roubados da estatal (semi estatal pois tem acionistas brasileiros e estrangeiros) é preciso terminar os julgamentos e condenar à cadeia de forma definitiva vários ex diretores e gerentes seus, diretores de grandes construtoras, intermediários, etc. Muita gente roubando fortunas, colocando dinheiro no exterior, com a maior cara de pau, mesmo depois das condenações do mensalão e do início das investigações da operação lava jato. Como falamos, a Petrobrás é uma grande empresa que caiu numa armadilha.

No que batizamos como “Fazendão”, devido ao roubo que pode chegar à 19 bilhões de reais, o CARF, Conselho Administrativo de Recursos da Fazenda, muitas empresas, bancos inclusive, tentavam subornar os responsáveis por julgar os recursos de impostos, o escândalo foi descoberto e agora o processo segue em segredo de justiça, creio.

Como se isso não fosse já escândalos demais, aparece o ex governador (biônico) do Estado de São Paulo e ex presidente da FIFA, José Marin, preso na Suiça, tendo roubado milhões de dólares com jogos internacionais de futebol, do Brasil inclusive.

Ao lado desses grandes escândalos, o Brasil passa por um momento de recessão, com o ministro da fazenda se debatendo contra o fogo amigo vindo do próprio PT que faz em Salvador seu congresso onde a ala mais radical quer refugar Joaquim Levy. Os empresários, assustados, sofrem com isso tudo. Maus momentos para o Brasil!

Já visitou nossa pagina de VIDEOS? Clique aqui e assista

Gostou deste conteúdo sobre o marketing moderno? Comente e Compartilhe. Ficou com alguma dúvida? Acesse nossa página de serviços e conheça as soluções da EFC para a sua empresa.