EFC Engenheiros Financeiros & Consultores

Relatório FOCUS com sinais contraditórios

By | 0 comments

Semana Iniciada em 15_05_16

Focus1

Como fazemos todas as segundas feiras, comentamos os dados do Relatório Focus recebido do Banco Central do Brasil por volta das 8:30 horas da manhã.

Vamos comentar a série de três números para cada indicador: há 4 semanas, há 1 semana e nesta semana.

Inicialmente, vejamos os dados de inflação em porcentagem para 2016:

  • O principal índice de inflação, o IPCA calculado pela FGV, mostra estabilização em sete por cento, ainda alto: 7,08%; 7,00%; 7,00%;
  • O dado da Fundação Getúlio Vargas, mais importante, é o IGP -DI, que indica um aumento no dado de hoje: 7,22%; 7,03%; 7,10%;
  • O IPC-FIPE, que vale para a cidade de São Paulo, está mais alto que o IPCA e o IGP – DI, mostrando que a inflação para os paulistanos está mais alta que a média brasileira e subindo: 7,39%; 7,04%; 7,14%;
  • Os indicadores dos preços administrados, aqueles que são influenciados pelas decisões do Governo, não estão cedendo e ainda estão altos, mas pelo menos não estão subindo e acompanhando o IPCA: 7,20%; 7,00%; 7,00%.
  • Moral da história: inflação prevista para 2016, considerando esses quatro indicadores, aponta para 7,00% na melhor das hipóteses. Sim, abaixo dos traumáticos 10,76% do ano de 2015, mas ainda bem acima não só do centro da meta do Banco Central, que é 4,5%, mas também ainda acima do limite superior, que é de 6,5%. Vamos aguardar as ações do governo de Michel Temer e de seu ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, que vai amanhã, terça feira, 17 de maio, trocar toda diretoria do Banco Central. Pela primeira vez, o BC vai se subordinar ao Ministro da Fazenda. Na pseudo-independência, quem mandava era a Presidente Dilma!

Demais dados da tabela:

  • Taxa de câmbio: o BC não consegue segurar o câmbio na faixa desejada dos R$ 4,00, como víamos em semanas anteriores. As previsões para o fim de 2016 caíram e são as seguintes, em R$ por dólar: 3,80; 3,70;3,70.
  • Meta da taxa SELIC para o fim de 2016: já temos uma perspectiva de redução dessa taxa, que representa o piso absoluto dos empréstimos interbancários, hoje em 14,25% ao ano, nas previsões para final de 2016: 13,38%; 13,00%; 13,00. Portanto, uma previsão de redução de 1,25% até 31/12/2016.
  • PIB, Produto Interno Bruto, importante medidor da atividade econômica (uma economista de esquerda disse há meses atrás, que “o povo não come PIB”; de fato, o povo come comida, mas na medida em que o pais recue no seu crescimento, mais e mais pessoas perdem o emprego e são obrigadas a comer menos por absoluta falta de dinheiro. Economista famosa falando besteira! Os dados do PIB apontam aumento da recessão, infelizmente: -3,80%; -3,88%; -3,88%; vamos aguardar 3 meses para medir o “efeito Temer-Meirelles.
  • Produção industrial: eu, que comecei a trabalhar em indústria, e que quando me formei engenheiro mecânico tinha ofertas (sem procurar!) de cinco lugares diferentes para  trabalhar, sei como triste os jovens recém formados não acharem emprego. Os números são aterradores, com as industrias “sangrando”: para o ano de 2016, as previsões da queda são de -5,80%; -5,95%; -5,95%. Um retrocesso que se soma ao de 2015, cujo número foi de -7,80% o que resulta em cerca de 15% negativos em dois anos! Um desastre para nossas industrias!
  • Balança comercial: depois de tanta coisa negativa, algo de positivo: os saldos da balança comercial, representados pelas exportações medidas em dólares FOB menos as importações FOB, para 2016 apresentam os seguintes números, medidos em bilhões de dólares: 45,51; 46,40; 48.00. Se esse número se realizar, será o maior saldo da história do Brasil, superior ao anterior de US$ 46 bilhões, obtido (vejam bem!) em 2006, por conta do dólar que chegou em fins de 2002 à R$ 3,97.
  • Investimentos diretos: outro dado positivo, apesar do rebaixamento da nota do Brasil pelas três agências de rating, dados em bilhões de dólares para o ano de 2016: 55,00; 57,35; 58,50. Vamos acompanhar esse indicador com o novo governo interino. se subir em três meses, isso será muito positivo!

============================================================

Obrigado por ver minhas publicações, que podem ser lidas em

https://www.linkedin.com/in/carlos-daniel-coradi-72b91120

Vejam também meu novo site, lido agora em qualquer dispositivo celular androide  em

www.carloscoradi.com.br

Abraços.,

Carlos Daniel Coradi

Engenheiros Financeiros & Consultores

Diretor Presidente

 

468 ad